Domingo, 2 de Janeiro de 2011

AUDIÊNCIAS DE TELEVISÃO EM 2010

TVI com 27,4% de quota de audiência ("share") anual, RTP1 com 24,2%, SIC com 23,4%, televisão paga (cabo, IPTV e satélite) com 19,7%, RTP2 com 5,3%.
publicado por industrias-culturais às 16:32
link | comentar | favorito

AUDIÊNCIAS DE TELEVISÃO EM 2010

TVI com 27,4% de quota de audiência ("share") anual, RTP1 com 24,2%, SIC com 23,4%, televisão paga (cabo, IPTV e satélite) com 19,7%, RTP2 com 5,3%.
publicado por industrias-culturais às 16:32
link | comentar | favorito

AUDIÊNCIAS DE TELEVISÃO EM 2010

TVI com 27,4% de quota de audiência ("share") anual, RTP1 com 24,2%, SIC com 23,4%, televisão paga (cabo, IPTV e satélite) com 19,7%, RTP2 com 5,3%.
publicado por industrias-culturais às 16:32
link | comentar | favorito

AUDIÊNCIAS DE TELEVISÃO EM 2010

TVI com 27,4% de quota de audiência ("share") anual, RTP1 com 24,2%, SIC com 23,4%, televisão paga (cabo, IPTV e satélite) com 19,7%, RTP2 com 5,3%.
publicado por industrias-culturais às 16:32
link | comentar | favorito

AUDIÊNCIAS DE TELEVISÃO EM 2010

TVI com 27,4% de quota de audiência ("share") anual, RTP1 com 24,2%, SIC com 23,4%, televisão paga (cabo, IPTV e satélite) com 19,7%, RTP2 com 5,3%.
publicado por industrias-culturais às 16:32
link | comentar | favorito
Sábado, 1 de Janeiro de 2011

A DÉCADA EM QUE SE IMPÔS A INFORMAÇÃO ESPECTÁCULO

É o título da peça assinada por Isabel Teixeira da Mota, do Jornal de Notícias. Lê-se: "A sua afirmação como género televisivo traduz-se na aposta em ondas noticiosas e em noticiários longos e populares. A ideia é seduzir o espectador e fixar audiências. E como em 2010 os noticiários nacionais são ainda a âncora da programação dos canais generalistas de televisão (RTP1, RTP2, SIC e TVI), nada melhor do que usar técnicas próximas do sensacionalismo. A estreia de Big Brother, na TVI, e de Acorrentados na SIC, no início da década abriram todo um mundo de possibilidades potenciado pela imensa influência dos canais temáticos e da Internet".
publicado por industrias-culturais às 12:03
link | comentar | favorito

A DÉCADA EM QUE SE IMPÔS A INFORMAÇÃO ESPECTÁCULO

É o título da peça assinada por Isabel Teixeira da Mota, do Jornal de Notícias. Lê-se: "A sua afirmação como género televisivo traduz-se na aposta em ondas noticiosas e em noticiários longos e populares. A ideia é seduzir o espectador e fixar audiências. E como em 2010 os noticiários nacionais são ainda a âncora da programação dos canais generalistas de televisão (RTP1, RTP2, SIC e TVI), nada melhor do que usar técnicas próximas do sensacionalismo. A estreia de Big Brother, na TVI, e de Acorrentados na SIC, no início da década abriram todo um mundo de possibilidades potenciado pela imensa influência dos canais temáticos e da Internet".
publicado por industrias-culturais às 12:03
link | comentar | favorito

A DÉCADA EM QUE SE IMPÔS A INFORMAÇÃO ESPECTÁCULO

É o título da peça assinada por Isabel Teixeira da Mota, do Jornal de Notícias. Lê-se: "A sua afirmação como género televisivo traduz-se na aposta em ondas noticiosas e em noticiários longos e populares. A ideia é seduzir o espectador e fixar audiências. E como em 2010 os noticiários nacionais são ainda a âncora da programação dos canais generalistas de televisão (RTP1, RTP2, SIC e TVI), nada melhor do que usar técnicas próximas do sensacionalismo. A estreia de Big Brother, na TVI, e de Acorrentados na SIC, no início da década abriram todo um mundo de possibilidades potenciado pela imensa influência dos canais temáticos e da Internet".
publicado por industrias-culturais às 12:03
link | comentar | favorito

A DÉCADA EM QUE SE IMPÔS A INFORMAÇÃO ESPECTÁCULO

É o título da peça assinada por Isabel Teixeira da Mota, do Jornal de Notícias. Lê-se: "A sua afirmação como género televisivo traduz-se na aposta em ondas noticiosas e em noticiários longos e populares. A ideia é seduzir o espectador e fixar audiências. E como em 2010 os noticiários nacionais são ainda a âncora da programação dos canais generalistas de televisão (RTP1, RTP2, SIC e TVI), nada melhor do que usar técnicas próximas do sensacionalismo. A estreia de Big Brother, na TVI, e de Acorrentados na SIC, no início da década abriram todo um mundo de possibilidades potenciado pela imensa influência dos canais temáticos e da Internet".
publicado por industrias-culturais às 12:03
link | comentar | favorito

A DÉCADA EM QUE SE IMPÔS A INFORMAÇÃO ESPECTÁCULO

É o título da peça assinada por Isabel Teixeira da Mota, do Jornal de Notícias. Lê-se: "A sua afirmação como género televisivo traduz-se na aposta em ondas noticiosas e em noticiários longos e populares. A ideia é seduzir o espectador e fixar audiências. E como em 2010 os noticiários nacionais são ainda a âncora da programação dos canais generalistas de televisão (RTP1, RTP2, SIC e TVI), nada melhor do que usar técnicas próximas do sensacionalismo. A estreia de Big Brother, na TVI, e de Acorrentados na SIC, no início da década abriram todo um mundo de possibilidades potenciado pela imensa influência dos canais temáticos e da Internet".
publicado por industrias-culturais às 12:03
link | comentar | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 1 seguidor

.pesquisar

.Junho 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
13
27
28
29
30

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Transportes públicos japo...

. Televisão japonesa

. Templos em Tóquio

. Novos diretores de jornai...

. Santuário Fushimi Inari T...

. Templo do Pavilhão Dourad...

. Kiyomizu-dera (leste de Q...

. Castelo Nijo (Quioto)

. Quioto à hora do jantar

. Introdução ao teatro Bunr...

.arquivos

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

. Dezembro 2003

. Novembro 2003

. Outubro 2003

. Agosto 2003

. Abril 2003

. Março 2003

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub